quinta-feira, 13 de maio de 2010

MEDO DE TOCAR NO GRUPO DE ORAÇÃO.


Muita gente morre de medo de tocar pela primeira vez em um grupo de oração. E quer saber: este medo é bom. Este medo faz com que eu respeite mais a manifestação do Espírito no grupo que vou tocar.

Porém, o medo nunca pode dominar-nos. Ele não pode nos aprisionar. Por mais insegurança que eu tenha é preciso uma carga espiritual de coragem e ousadia profética. E isto eu só consigo através da oração e, muitas vezes, pela intercessão de alguém e pelo jejum. Ministro de música que não reza e não jejua é astro-pop.

Agora, é bom que se tenha alguma diretriz antes de tocar em um grupo de oração. Principalmente quando este grupo for carismático. Comece com estes 10 passos:

1. Esteja em clima de oração;
2. Esteja em comunhão com o núcleo de seu grupo de oração;
3. Saiba como o grupo será conduzido. Pergunte ao coordenador;
4. Pergunte o tema da pregação daquele dia;
5. Toque as músicas que O Espírito lhe inspirar. Mas saiba: O Espírito nunca inspira algo que "saia" do contexto do grupo;
6. Unção não é sinônimo de emocionalismo. Não cante a música que faz o povo chorar. Cante, sim, a canção que, antes de tudo, toque o seu coração;
7. Leve o povo para Jesus e nunca para seu ministério;
8. Cuide e forme bem o seu ministério de música. Grupo de oração e Missa não são palco de show;
9. Desetresse seu ministério fazendo alongamentos e exercícios vocais (hehehe funciona, viu);
10. Se for contrariado pelo coordenador "não abandone o barco". Reze bastante e chore, se preciso, a alfinetada que você recebeu.

2 comentários:

Andresa disse...

é vdd o que diferencia o "ser novo" com o "ser velho" é a oração e o jejum, eis o caminho a ser seguido.

Renata Cavanha (Bambu Amado) disse...

nossa gostei demais vou ate divulgar...
bjo pastor...